Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escadas Rolantes

Na minha terra costuma dizer-se: Quando a merda chega à ventoinha, ficam todos cagádos!

Escadas Rolantes

Na minha terra costuma dizer-se: Quando a merda chega à ventoinha, ficam todos cagádos!

16
Abr15

VAMOS LÁ A VER SE NOS ENTENDEMOS

escadas

Os jornais de referência, com especial destaque para os económicos, têm feito eco à felicidade que reina nas hostes sociais-democratas, assim que foram conhecidas as previsões do FMI para Portugal.

Os títulos variam entre “Portugal cresce” e “Portugal cresce”. Sinceramente, não sei como é que nenhum deles titulou “Portugal, o melhor do Mundo”. Verdade seja dita que eu de economia não percebo nada, mas ainda sei contar dois mais dois e por isso dei-me ao trabalho de ver com mais pormenor as ditas previsões.

O FMI prevê um crescimento do PIB para este ano, de uns fabulásticos 1,6%, percentagem que para os mais entendidos, representa qualquer coisa como 7.000 novos postos de trabalho!

Há muitas décadas que não se verificava um crescimento destes, uma vitória portanto!!!

(De 2012 a 2014, a economia perdeu 400 mil empregos e a recessão acumulada real foi de 6,6%)

Mas se para 2015 as coisas parecem ir de vento em popa, já para 2016, os números do FMI apontam para…1,5%. Se os valores para este ano eram fantásticos, os do próximo arriscam-se a ser, alucinantes!

pib.png

 

Qualquer economista recém-licenciado, sabe que a economia de um País só cresce, sócria riquezae consequentemente, postos de trabalho, com um PIB superior a 2%, até Cavaco já referiu isso. Assim sendo, estas previsões representam o quê?

Mas continuemos pelo reino do FMI…

Relativamente à taxa de desemprego, os especialistas, apontam para um valor à volta dos 13,1% para este ano e…como o PIB desce para 2016, o desemprego também desce (!!!)para 12,6%.

Números verdadeiramente extraordinários!

desemprego.png

 Já em relação ao excedente da balança de conta corrente (dependência com o exterior), os valores variam entre os 0,6 para este ano, subindo para 1,4 em 2016 e descendo para 1% no ano seguinte.

Resumindo - Portugal terá um défice de 3,2% este ano, acima dos 2,7% prometidos pelo Governo do PSD.

Esta é a fantástica realidade que faz com que os nossos actuais governantes, não caiam em si de contentes!

Por estes dias, vamos ser “inundados” com postais ilustrados de locais paradisíacos e promessas de um futuro repleto de leite e mel. Mas esta Canaã social-democrata, está longe, muito longe de ser uma realidade, e nem Passos Coelho é nenhum Moisés dos tempos modernos.

A verdade é que estamos todos lixados.

A verdade é que esta gente, depois de nos ter enviado para as “trevas”, não faz a mínima ideia de como é que nos tira de lá!

 

Mais sobre mim

foto do autor

google+

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D