Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escadas Rolantes

Na minha terra costuma dizer-se: Quando a merda chega à ventoinha, ficam todos cagados!

Escadas Rolantes

Na minha terra costuma dizer-se: Quando a merda chega à ventoinha, ficam todos cagados!

10
Jul14

PALMADINHAS DE AMOR

escadas

 

 

Há uma coisa que me tem incomodado bastante nos últimos tempos; as manifestações de masculinidade demonstrada por alguns jogadores de futebol!

Não satisfeito com o cumprimento de Daniel Carriço a Ivan Rakitic, eis que agora e em pleno Mundial, os jogadores cumprimentam-se com…uma palmada no rabo?!?!?!?

Mas que é isto?

Até posso admitir, que a minha cadela, fruto de uma busca infrutífera, pelo cheiro perfeito, teime em cheirar os rabos de tudo quanto é cão e adela lá da rua, mas entre gente máscula e suada, uma valente palmada no traseiro, cheira-me a algo que eu nem permito reproduzir aqui.

Ainda ontem, quando Aguero entrou para substituir Higuaín, saudou o seu companheiro de equipa, com uma valente e carinhosa palmada “nalgal”. Mas isto quer dizer o quê? Trata-se de um código secreto, que só os jogadores de futebol conhecem?

Tipo: - “Toma lá e não te esqueças de deixar cair o sabonete mais logo nos balneários!”

Ou ainda pior – “hummmm, continua rijinho”!!!!

 

Isto tem-me andado a moer a cabeça, sim porque não vejo as praticantes de futebol feminino, a usarem o mesmo tipo de cumprimento (e que bom seria…de vez em quando…), nem as de volei e muito menos os praticantes de Rugby!

Há aqui claramente uma pratica iniciática que tem de ser explicada, a bem do futebol, a bem da verdade desportiva!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

google+

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub