Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escadas Rolantes

Na minha terra costuma dizer-se: Quando a merda chega à ventoinha, ficam todos cagados!

Escadas Rolantes

Na minha terra costuma dizer-se: Quando a merda chega à ventoinha, ficam todos cagados!

19
Abr14

A Força da "Ressurreição"

escadas

 

Recordo com muita saudade, um colega dos tempos “nocturnos” da Rádio Comercial, e que era mimado por nós, com alguma frequência com a frase: Ó Lázaro…levanta-te e caminha.

Esta hipérbole sobre a ressurreição, faz-se companhia nos momentos mais difíceis.

Sei que para aqueles que não são dados a estas coisas religiosas, os mistérios divinos, cheiram a filme de Bolywood, mas há que saber ler entre as linhas de quem, com alguma sabedoria, soube perpetuar para a história o sentido da vida.

Quantas vezes não se depararam com a angústia de não conseguir levar a bom porto aquela tarefa que se mostrava determinante para o sucesso pessoal? E no entanto, quando já nada o fazia prever, conseguem num “golpe de asa” dar a volta ao “assunto” e a vossa tarefa até sai vitoriosa.

Isto é tão verdade no nosso dia-a-dia, que até parece mentira não é?

A força e a vontade de dominar o destino e fazer dele o que muito nos prouver, são algumas das qualidades que estão ao alcance de todos. Nem sempre se consegue, é verdade, mas a frequência com que acontecem, faz-nos acreditar que, tal como no futebol, é preciso acreditar até ao último minuto.

É esta a força da ressurreição. O acto de não nos deixarmos vencer perante a eminente derrota, ou, saber encontrar a força necessária, entre os despojos de uma guerra da qual todos acreditam que sairemos derrotados.

Para a história, ficam, as chagas e as vestes manchadas, com o “sangue” e “suor” do nosso esforço, ao fim e ao cabo o verdadeiro prémio, a verdadeira razão para acordarmos todos os dias e encararmos com optimismo, o mesmo desafio de sempre, viver!

 

Uma boa Páscoa para todos!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

google+

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub