Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A ABADIA

por escadas, em 02.01.16

Westminster-Abbey-1-of-2-680x453.jpg

 

Ao longo da minha vida, já fui mais de uma dúzia de vezes a Londres.

Curiosamente e porque ia sempre em trabalho, nunca tive oportunidade de ver a maior parte dos “landmarks” da capital britânica.

Desta vez foi diferente. Desta vez, muni-me de um mapa, comprei bilhetes antecipadamente e visitei tudo aquilo que é suposto conhecer-se!

Por isso mesmo, sinto-me uma “verdadeira autoridade” no que toca a locais de visita obrigatória, por isso mesmo, entendo que devo partilhar com todos, a verdadeira experiencia sensorial que vivi na Abadia de Westminster.

Já sei o que estão a pensar: “o gajo foi a Londres e foi visitar uma igreja?”

Westminster não é uma igreja qualquer. Esqueçam Dan Brown e as suas teorias da conspiração. Se quiserem saber mais coisas sobre este local mágico, googlem que vão encontrar muitas informações.

A abadia é visitável todos os dias entre as 9 e meia e as 17 horas. As visitas são pagas, os ingressos custam 18£ (25€ mais coisa menos coisa) e não se podem tirar fotografias.

Só que…às 17:00 é celebrada missa e esta celebração é acompanhada por um coro, “directamente descido dos Céus” que confere à ocasião um simbolismo único, acreditem e como é óbvio…não se paga!

 

Sim eu estive lá. Não me sentei na “Pedra do destino”, nem passei a mão pela cabeça de S. João Batista, mas relembrarei para sempre os 30 minutos que tive o privilégio de partilhar com todos os que encheram aquele espaço.

Estão ali sepultados, Isaac Newton, Charles Dickens e Charles Darwin entre outros. É ali que todos os Reis ingleses são entronizados e foi ali que Henrique III mandou construir defronte ao altar-mor em 1268 um fabuloso e majestático pavimento Cosmati, que merece a vossa visita demorada.

 

pavimento-cosmati.jpg

 

A celebração termina às 17:30 e é precisamente a essa hora que os sinos começam a dobrar como se de um casamento real se tratasse. A vossa saída vai processar-se ao som telúrico destes sinos, conseguem imaginar? Ao vosso lado, ergue-se o majestoso Big Ben, guardião das mais nobres discussões que diariamente se travam no Parlamento inglês. Atrás de si o Tamisa e a mais recente aquisição britânica o “London Eye” (qualquer relação com o “all-seeing eye” é pura coincidência). Querem mais?

Portanto já sabem, da próxima vez que visitarem Londres, ponham na vossa agenda, uma visita à Abadia de Westminster.

Tenho a certeza de que, tal como eu, não se irão esquecer!

 

quire1.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:33



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

google+


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens



Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D